TUBULAÇÃO DE GÁS RESIDENCIAL

TUBULAÇÃO DE GÁS RESIDENCIAL

COMO MONTAR UMA TUBULAÇÃO DE GÁS RESIDENCIAL ADEQUADA

ESTRUTURA EXIGE, ENTRE OUTRAS CONDIÇÕES, E ÁREA PARA TROCA DE GÁSES

Uma tubulação de gás residencial é o equipamento necessário para conduzir gás liquefeito de petróleo ou gás natural até uma casas e apartamentos. Em geral, é composta por tubos, conexões e acessórios. Para que uma tubulação de gás residencial seja montada com segurança e eficiência, a edificação na qual a estrutura será construída tem de prover o combustível e a troca de ar para liberação de gáses dispensados durante a combustão.

Para dar início a um projeto de tubulação de gás residencial é necessário definir o material  que será usado no sistema. Existem diversas opções de matéria-prima para isso, sendo as mais comuns aço carbono, cobre e alumínio+PEX (multicamada e flexível).

Os tubo de aço (galvanizado) devem usados em tubulação de gás residencial, preferencialmente, ser utilizados em em cima do solo, pois tem mais propensão a oxidarem. Esses e os de cobre são os tipos mais comuns vistos em prédios, sendo que os de cobre têm de obedecer à regra NBR 13206 da ABNT. Os tubos de alumínio+PAX têm a vantagem de serem mais maleáveis, facilitando o manuseio e a instalação.

É muito importante que, antes de bater o martelo sobre qual o material será usado na tubulação de gás residencial, saber exatamente a potência dos equipamentos de consumo e se há possibilidade para possíveis ampliações. Uma tubulação de gás residencial exige alguns cuidados que tem de ser observados, como os listados a seguir:

  • Após instalada a tubulação de gás residencial, ela precisa ser estanque e desobstruída, invariavelmente
  • Um sistema interno necessita de válvulas de fechamento em todos os locais considerados fundamentais para a segurança, controle e manutenção.
  • Jamais considerar a estrutura como parte estrutural da edificação e não colocá-la diretamente na construção
  • Ventilação permanente é condição básica para se possa fazer uma instalação interna de tubulação de gás

Os tubos jamais devem estar localizados em pontos de confinamento onde ocorra a possibilidade de vazamento do gás. Por isso, desconsidere espaços como reservatório de água, incineradores de lixo, subsolos ou porões, dutos de lixo e ar condicionado, poços de elevadores, poços e dutos de ventilação, compartimentos não ventilados ou qualquer outro lugar onde exista ventilação.

Para garantir que está tudo certo, faça o teste de estanqueidade com fluido inerte ou ar comprimido e confirme se está tudo funcionando adequadamente. E não esqueça: esse procedimento precisa ser monitorado por manômetros aferidos e calibrados.

PARA SABER MAIS SOBRE TUBULAÇÃO DE GÁS RESIDENCIAL ENTRE EM CONTATO COM A BM INDUSTRIAL

Ligue para 55+ (19) 3282-0033 | 55+ (19) 3281-1046 ou pelo e-mail contato@bmindustrial.com.br.