TUBULAÇÃO DE GÁS PREDIAL

TUBULAÇÃO DE GÁS PREDIAL

CUIDADOS COM A TUBULAÇÃO DE GÁS PREDIAL

ANTES DE MONTAR UMA, FIQUE ATENTO ÀS NECESSIDADES DA EDIFICAÇÃO

Condomínios, prédios e edificações em geral estão cada vez mais optando pela distribuição de gás de rua, em vez de usar botijões. Com isso, a tubulação de gás predial é cada vez mais comum. É por meio da tubulação de gás predial que os apartamentos são abastecidos com combustível para aquecer chuveiro e preparar alimentos.

Condição primordial para que um sistema de gás predial funcione bem, ofereça segurança e não custe um absurdo, é fazer o planejamento. Uma obra executada sem estudo prévio pode apresentar falhas e, consequentemente, custar mais caro do que o imaginado. Além disso, montar uma tubulação de gás predial projetada com cuidado zela pela segurança dos moradores e do ambiente, pois mapeia os espaços mais adequados para instalação de aparelhos que necessitam de gás. Por exemplo: em determinadas situações, a tubulação de gás predial e os dispositivos abastecidos por ela demandam sistema de ventilação — locais sem saídas de ar podem ser favoráveis à ocorrência de asfixia ou explosões ocasionadas por vazamento.

Há de se considerar, ainda, erros muito corriqueiros na instalação de tubulação de gás predial. A saber alguns:

  • ausência de ventilação de abrigos de reguladores e medidores
  • instalação de tubulação GLP no teto de subsolos sem ventilação
  • ausência de válvulas de bloqueio por setores para facilitar a manutenção
  • soldas mal-feitas
  • falta de válvulas de bloqueio por setores, para manutenção
  • transição de materiais sem caixa de inspeção
  • não fazer aterramento de colunas metálicas

Uma tubulação de gás predial deve ter especificação para execução determinada por projeto. O primeiro passo é identificar qual tipo de gás pode ser usado — gás natural (GN) ou gás liquefeito de petróleo (GLP). Para determinar tal questão, deve-se fazer uma consulta entre as concessionárias locais do produto e verificar disponibilidade.

Em seguida, deve ser feita uma análise da planta arquitetônica da edificação para determinar quais equipamentos podem ser utilizados. Definido isso, determina-se a potência total necessária.

Com base nas normas técnicas para prover segurança e qualidade previstas em lei, monta-se o projeto determinando a pressão de fornecimento e a necessidade de uso dentro do empreendimento. Aí sim, é possível dimensionar como deve ser a tubulação de gás predial.

PARA SABER MAIS SOBRE TUBULAÇÃO DE GÁS PREDIAL ENTRE EM CONTATO COM A BM INDUSTRIAL

Ligue para 55+ (19) 3282-0033 | 55+ (19) 3281-1046 ou pelo e-mail contato@bmindustrial.com.br.